PAINEL DE MICROALGAS: UMA INTERVENÇÃO BIOLÓGICA CAPAZ DE REDUZIR O AQUECIMENTO GLOBAL

Resumo: As algas são organismos de muita importância para todos os seres vivos pois produzem a maior parte de gás oxigênio presente na atmosfera, e também são a base da cadeia alimentar dos ambientes aquáticos. Servem também para produzir remédios, suplementos alimentares, cremes, entre várias outras coisas. São organismos com dois tipos de estrutura celular: procariontes ou eucariontes. As microalgas vivem em diferentes ambientes aquáticos ou úmidos. Trabalhar com microalgas possui vantagens, elas podem ser cultivadas em diversos sistemas de produção, com volume variando desde poucos litros até bilhões de litros. Apesar de muitas espécies até algumas desconhecidas, somente quatro têm produção comercial significativa: Spirulina (Arthrospira), Chlorella, Dunaliella e Haematococcus pluvialis, mas se sabe pouco sobre o volume e o valor do comercial. Além de serem fontes de biomoléculas para o desenvolvimento de novos produtos, com aplicações nas indústrias alimentícia, cosmética, farmacêutica e petroquímica, entre outras, as microalgas também podem ser utilizadas para o sequestro biológico A possibilidade de criação de painéis de microalgas poderiam, além de ser uma ótima ferramenta de sequestro de carbono e produção de matéria orgânica, vista que as microalgas são organismos fotossintetizantes e consomem gás carbônico.
Palavras-chave: Microalgas
, Sequestro de Carbono
, Cultivo
, Aquecimento global

Estudante (s) pesquisador (es)

Matias Borba Bruschi
Bruno Nabarro Ikeda Silva
Matheus Henrique Martins Oliveira
Série: 6º ano

Orientadores(as)

Fabio Luiz Ferreira Bruschi
VOTE NO PROJETO

Utilize o botão abaixo para votar nesse projeto